Tendências e Determinantes das Doenças Não-Transmissíveis

Descrição

Descrição: As mudanças no padrão de morbimortalidade brasileiro fazem das doenças e agravos não transmissíveis questões epidemiológicas de primeira ordem. A linha de pesquisa tem como proposta básica a capacitação de profissionais da área de saúde para o desenvolvimento e execução de projetos de pesquisa e formação docente na área. Pretende, adicionalmente, estudar as tendências e os determinantes desses agravos à saúde, vitais para a nova agenda da Saúde Coletiva. Para isso, utilizará os recursos metodológicos do campo da Saúde Coletiva e epidemiologia - visando ao aperfeiçoamento de pesquisas, ao planejamento adequado das ações, à avaliação de serviços e à vigilância em Doenças e Agravos não Transmissíveis (DANT), com ênfase para transtornos mentais, violências, doenças cardiovasculares e doenças endócrinas e metabólicas.

Docentes participantes da linha de pesquisa